Qua, 04 de Junho de 2008 02:40

Enfrentando a oposição - Pr. Sérgio Queiroz

Dar nota para esse item
(5 votos)

Image

Um dos grandes testes que um líder tem que passar com vistas a consolidar a sua liderança e clarificar os seus verdadeiros alvos e objetivos é, sem dúvida, a oposição...

 

Quando enfrentamos oposição no curso de nossa caminhada em direção à consumação dos sonhos de Deus em nossa vida, somos moldados e fortalecidos. Portanto, adversidades funcionam como potentes nutrientes para a nossa alma desbravadora.

Afinal, você se sente em pânico quando encontra oposição? Você pensa em desistir quando algo atravessa o seu caminho? Você explode quando as coisas parecem não estar acontecendo da maneira planejada? Não se desespere, pois Deus permite a oposição para construir grandes valores dentro de nós, incluindo um caráter aprovado e uma vida perseverante.

Neemias foi um grande líder judeu que foi usado por Deus para reconstruir os muros de Jerusalém após a destruição causada pelos Babilônios, vindo a sofrer grandes oposições.

Após a derrota dos Babilônios pelos Persas, novos momentos da graça de Deus começaram a ser vivenciados pelos judeus, dentre eles a permissão dada pelo Rei da Pérsia a Neemias para que este voltasse a Jerusalém para iniciar a obra da reconstrução.

No livro que leva o seu nome, está escrito o seguinte sobre esse fato: “E sucedeu que, ouvindo Sambalate que edificávamos o muro, ardeu em ira, e se indignou muito; e escarneceu dos judeus. E falou na presença de seus irmãos, e do exército de Samaria, e disse: Que fazem estes fracos judeus? Permitir-se-lhes-á isto? Sacrificarão? Acabá-lo-ão num só dia? Vivificarão dos montões do pó as pedras que foram queimadas? E estava com ele Tobias, o amonita, e disse: Ainda que edifiquem, contudo, vindo uma raposa, derrubará facilmente o seu muro de pedra. Ouve, ó nosso Deus, que somos tão desprezados, e torna o seu opróbrio sobre a sua cabeça, e dá-los por presa, na terra do cativeiro. E não cubras a sua iniqüidade, e não se risque de diante de ti o seu pecado, pois que te irritaram na presença dos edificadores. Porém edificamos o muro, e todo o muro se fechou até sua metade; porque o coração do povo se inclinava a trabalhar. E sucedeu que, ouvindo Sambalate e Tobias, e os árabes, os amonitas, e os asdoditas, que tanto ia crescendo a reparação dos muros de Jerusalém, que já as roturas se começavam a tapar, iraram-se sobremodo e ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento. Porém nós oramos ao nosso Deus e pusemos uma guarda contra eles, de dia e de noite, por causa deles. Então disse Judá: Já desfaleceram as forças dos carregadores, e o pó é muito, e nós não poderemos edificar o muro. Disseram, porém, os nossos inimigos: Nada saberão disto, nem verão, até que entremos no meio deles, e os matemos; assim faremos cessar a obra. E sucedeu que, vindo os judeus que habitavam entre eles, dez vezes nos disseram: De todos os lugares, tornarão contra nós. Então pus guardas nos lugares baixos por detrás do muro e nos altos; e pus ao povo pelas suas famílias com as suas espadas, com as suas lanças, e com os seus arcos.

E olhei, e levantei-me, e disse aos nobres, aos magistrados, e ao restante do povo: Não os temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor, e pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas mulheres e vossas casas” (Neemias 4:1-14).

Com base no texto, a primeira coisa que precisamos fazer é descansar em Deus. Neemias disse ao Senhor: “Ouve, ó nosso Deus, que somos tão desprezados”. Ora, Deus é o maior interessado em levar à frente os planos que Ele mesmo preparou para nós. Deus se compraz em ouvir orações de clamor e de reconhecimento de Sua Glória, Poder e Majestade.

Em segundo lugar, fortaleça os seus pontos fracos. De acordo com o texto, Neemias pôs guardas nos lugares baixos, a fim de proteger as áreas de maior vulnerabilidade. Na hora da oposição, precisamos fortalecer os nossos pontos fracos, com dedicação e inteligência. Precisamos fazer uma autocrítica e mudar posicionamentos e estratégias falhas.

Finalmente, a oposição é um momento especial para fortalecermos os nossos colaboradores, injetando convicções firmes em seus corações. Assim sendo, nunca se esqueça de proclamar o poder de Deus na resolução de problemas e na vitória sobre o desânimo. Neemias olhou para o povo e disse: “Não os temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor, e pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas mulheres e vossas casas”.

Desse modo, a oposição pode ser uma grande oportunidade de confiar em Deus, de fortalecer pontos fracos e de motivar colaboradores. Graça e paz! 

Pr. Sérgio Queiroz

 

Imagem: http://www.sxc.hu/browse.phtml?f=view&id=1016574  

 

Última modificação em Qua, 08 de Abril de 2009 05:04
Lélia Chaves

Lélia Chaves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Comente!



R. Luzia Simões Bartoline,100 - Aeroclube - João Pessoa - PB - CEP: 58036-630 - Fone: 3041-7471 - E-mail: cidadeviva@cidadeviva.org
Todos os direitos reservados - 2010© Cidade Viva - Cidade Criativa